25 de fevereiro de 2013

Andreas Franke


O SS Stavronikita sofreu um incêndio há 20 anos e está localizado perto da ilha caribenha de Barbados. Andreas Franke, fotógrafo e amante do mergulho, se deparou com o navio, tirou fotos de todo o seu entorno e depois fez a manipulação fotográfica, combinando os destroços com a extravagância burguesa do século XVIII.  Nesta exposição, ele retrata o estilo de vida dos ricos decadentes na época do rococó – um movimento estético que nasceu em Paris no ano de 1700 que caracterizava-se, acima de tudo, por sua índole aristocrática – com modelos que contracenam com o navio em decomposição.
Para ver o trabalho de Andreas, é necessário fazer um mergulho de cerca de 25 metros de profundidade até o local onde as obras estão protegidas por uma camada de silicone e fixadas com um imã.















via doublemesh

Um comentário:

  1. was eine schöne Überraschung und sehr interessant.
    Groetjes Dietmut

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.